Web Design

O que é e-commerce?

07 de agosto de 2017

Conheça o modelo de negócio que mais cresce no Brasil e suas vantagens

E-commerce é uma plataforma de comércio online, que realiza transações comerciais através de dispositivos móveis e computadores. O formato, conhecido como loja virtual, se desenvolve rápido. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Google, o segmento poderá chegar a crescer até 12,4% ao ano. Isto é, pode chegar a dobrar de tamanho até 2021.

O principal fundamento em que se baseia o e-commerce é a possibilidade de realizar transações monetárias de maneira segura e prática. O segmento cresceu tanto que, atualmente, o comércio através da internet movimenta milhões em pesquisa, desenvolvimento, além de estratégias de marketing e propaganda.

Os dois principais tipos de negócios que se estabelecem na internet são o B2B e o B2C. B2B (Business to Business) são empresas que oferecem serviços ou produtos para outras empresas, enquanto as B2C (Business to Consumer) lidam diretamente com consumidores.

Para quem quer empreender, o e-commerce pode fazer toda a diferença no sucesso de um negócio. Fatores como facilidade de divulgação e a possibilidade de um alcance maior de público são algumas das vantagens que o modelo oferece. Confira:

  1. Alcance de público maior

    Atualmente, 90% dos processos de compras começam na internet, e na grande maioria dos casos, o negócio é fechado justamente online. Se uma empresa trabalha com produtos que podem ser enviados, oferecer a opção de compra online pode atingir um público bem maior.

  2. Perfis diferentes

    Imagine a seguinte situação: Um empreendedor gostaria de trabalhar com um tipo específico de produto ou serviço. O mercado para este segmento, porém, é muito pequeno em sua cidade. Com o e-commerce é possível atingir pessoas interessadas no que é oferecido em todo o território nacional, e quem sabe, até internacional.

  3. Tempo e comodidade para quem compra

    Cada vez mais as pessoas prezam a otimização do seu tempo. O período gasto para contratar ou comprar algo em uma loja física pode ser usado de outras maneiras. Atualmente, é possível comprar no sofá de casa, de maneira confortável, sem burocracia, através de um celular ou computador.

  4. E também para quem empreende

    Outra vantagem é que, como muitas vezes todo o processo é gerado online, pequenos negócios online não precisam de grandes estruturas. Assim, o empreendedor acaba por trabalhar de casa e fazer seus próprios horários

  5. Baixos custos

    Uma loja física envolve muitos custos. Desde o aluguel de um espaço, até a compra de móveis, a burocracia envolvida, tais como alvará da prefeitura e do corpo de bombeiros e a montagem de uma equipe.
    No caso do e-commerce os custos são mais baixos, uma vez que a estrutura mais importante é a montagem de um site de qualidade e os custos com os produtos.

  6. Controle prático das métricas

    Controlar as métricas de vendas de um negócio físico pode exigir muito tempo e organização por parte da administração. Já um sistema online pode facilmente registrar, arquivar e comparar as métricas que vão calcular o crescimento da empresa.
    Você pode acessar informações de acesso, vendas, controle de Leads e muito mais. Além disso, pode definir métricas específicas de vendas e de crescimento de acessos, incluindo técnicas como Inbound Marketing.

Para garantir o sucesso de um e-commerce, são necessários alguns cuidados. Uma equipe profissional, planejamento, otimização de qualidade e uma plataforma adequada para a criação do seu negócio.

A K13 Agência Web usa a plataforma Magento em seus e-commerces. Conhecida por ser uma das mais completas plataformas para criação de e-commerce na atualidade. Sendo um sistema de código aberto, a equipe de programação da K13 pode personalizar e criar cada detalhe para que se encaixe nas especificidades dos produtos e serviços de seus clientes.

 

Comentários